Follow falcon_dark on Twitter
Google

sexta-feira, fevereiro 18, 2005

Várias Coisas

A discussão sobre leis de patentes de softwares na Europa voltou ao começo e a possível aplicação dela pode ser adiada por mais um ano. Cobertura sobre o assunto pode ser acompanhada pelo The Register. É muito bom que a Europa tenha decidido debater mais sobre o assunto já que este ainda gera muita polêmica. Mas a comunidade de software livre só ficará tranqüila depois que a possibilidade de aplicação de uma lei de patentes de software estiver totalmente afastada.

A IBM está confiante de que o processo movido contra ela pela SCO não dará em nada e já anunciou um investimento em software para Linux na casa de US$100 milhões. A despeito de tudo que se possa dizer sobre a IBM e como ela decidiu ganhar dinheiro com Linux esse investimento significa que no pŕoximo ano o sistema operacional GNU/Linux deve ter um crescimento maior ainda, tanto no mercado corporativo quanto no desktop empresarial. Resta torcer pra que essa tendência se concretize também no desktop doméstico e que cada vez mais empresas desenvolvam softwares para a plataforma.

Enquanto isso no estado de São Paulo o governo estadual fechou contrato com a Microsoft para capacitação de 65 mil alunos de escolas de ensino médio e superior. O programa tem como objetivo permitir que estes alunos adquiram a capacidade de "criar software". O programa irá treinar 240 profissionais no Centro de Tecnologia XML da Microsoft localizado no Instituto de Pesquisas Tecnológicas em São Paulo. Então estes professores repassarão seus conhecimentos aos colegas e todos estes repassarão os conhecimentos aos seus alunos. O projeto deve ocorrer ao longo do ano.

Eu já tive a oportunidade de participar de um seminário da Microsoft sobre Web Services e XML onde foram oferecidos benefícios para todos aqueles que "replicassem" o conteúdo do curso. Este conteúdo foi basicamente .NET. A Microsoft continua usando a política do traficante de drogas e desta vez com a colaboração do governo do estado de São Paulo, pelas mãos do PSDB.

A Microsoft oferece treinamento de graça para um número pequeno de pessoas (nesse caso 240) e prêmios (computadores e licensas de software) para que elas promovam cursos e seminários sobre o assunto e repliquem o que aprenderam. Assim a Microsoft dissemina conhecimentos sobre suas tecnologias proprietárias gastando muito pouco e mantendo o mercado preso à ela. É uma pena que o governo do estado esteja agora compactuando com esse tipo de prática.

Pra completar, mais uma empresa atestou que o Linux tem TCO menor que o Windows. A migrante da vez é a Cisco que anunciou que vai colocar o Linux em todos os seus desktops. O engraçado é que a Cisco disse que sua mudança nada tem a ver com custos e sim com praticidade. Segundo a Cisco um administrador que daria suporte a 40 estações Windows pode suportar até 400 PCs com Linux. Desculpas esfarrapadas à parte, se reduzir em 10 vezes o custo de suporte não for um motivo econômico eu não sei o que é.

Follow falcon_dark on Twitter
Google
Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?